ABRIGO 2021

 

Como podemos sobreviver juntos em tempos desafiadores, e viver uma experiência sensorial no mesmo espaço?

 

ABRIGO 2021 é uma performance inédita da artista, desdobramento do trabalho ABRIGO apresentado na Mostra Flutua: Diálogos Ressonantes na Galeria Mamute em Porto Alegre em 2020.  A partir de uma reflexão sobre as políticas do cuidado, questionando sobre como podemos sobreviver juntos em tempos desafiadores, além de proporcionar uma experiência sensorial através atraves do vestimento de capas aluminizadas, com textura e sonoridade metálica ao ser vestida e pelo seu movimento no espaço, a ação/instalação acabou acontecendo sem o público se abrindo para um outro caminho relacionado com o contexto dos entornos em que a artista passou entre Porto Alegre e Berlim em 2021. Presa em uma redoma e sem ar a artista interage com o público através da interatividade do som e da luz e NFTs - na blockchain - que interferem diretamente na obra trazendo para a artista um novo olhar sobre o futuro.

 

ABRIGO 2021 é a ocupação de um lugar e um tempo que não existem. Da permanência num não lugar. A busca de pertencimento a algum lugar e estar aberta para o novo desconhecido. A performance traz as tecnologias do blockchaim e NFT de forma inovadora, dialogando com o momento em que estamos vivendo da pandemia de uma possível saída e esperança também de ocupar os espaços abertos e a retomadas dos espaços culturais de forma segura.

 

ABRIGO 2021 foi a primeira performance no mundo que acontecerá com interferência de NFTs além de acontecer ao vivo e com transmissão pelas internet. A performance conta com a parceria operacional e  realização além do suporte de tecnologia  do Studio Mentaland e DuxCrypto.

 

Ficha Técnica

 

ABRIGO 2021

Artista: Andressa Cantergiani

Registro da performance em vídeo (captação/edição): Josué Monteiro Antunes

Registro da performance em foto:  Emmanuel Denaui